Ajuda a salvar vidas

Sabes que podes ajudar a salvar as vidas das pessoas afetadas por desastres mesmo sem sair de casa

Desde o terramoto no Haiti em 2010 que a tecnologia tem permitido aos cidadãos digitais apoiar os trabalhos de salvamento de vidas. Aqui, vamos explicar-te como.

O projeto será apresentado aos 22 chefes de estado e governo da América Latina, Portugal e Espanha, que estarão presentes na Cimeira de Chefes de Estado, a realizar-se em outubro de 2016, em Cartagena, na Colômbia.
Register in the Virtual Support Team – EVA


BACKGROUND

labicco-01-1Perante um desastre de grande magnitude, os cidadãos contam agora com ferramentas tecnológicas que lhes permitem apoiar as organizações e entidades que respondem e atuam em situação de emergência. Desde o terramoto de 2010 no Haiti e no Chile, o do Japão, a crise na Líbia, as inundações na Colômbia, a crise do vírus Ébola, o terramoto no Nepal e, mais recentemente, o terramoto no Equador, que os voluntários digitais têm marcado a diferença, de forma muito significativa, na hora de providenciar ajuda às comunidades afetadas.

Ao aceder a esta tecnologia, qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo, pode tornar-se um ativista digital e apoiar com as suas competências e conhecimento as operações de salvamento em caso de desastre sem ter de sair de casa, contribuindo, desta forma, para um mundo melhor e mais seguro. De todas as iniciativas que apoiam este tipo de tecnologia, destacamos a Ushahidi, a StandByTaskForce, a Digital Humanitarian Network, a OpenStreetMap e a Humanitarian OpenStreetMap Team HOT.

A Secretaria-Geral Ibero-Americana, a iniciativa Cidadania 2.0 e o Laboratorio Iberoamericano de Innovación Ciudadana / Colombia Labicco selecionaram este projeto para ser desenvolvido durante um laboratório de duas semanas a decorrer de 9 a 23 de outubro de 2016, em Cartagena, na Colômbia. Se achas que tens o que é necessário para participar, então participata neste open call para colaboradores.
Register in the Virtual Support Team – EVA


O QUE NOS PROPOMOS A FAZER

Após seis anos, muitas organizações existem sob a mesma permissa, contudo existem ainda um vazio. Não há ainda um “Kit de Ferramentas” que englobe toda a informação necessária para explicar aos cidadãos comuns, aos meios de comunicação e a todos os responsáveis pela gestão de risco e ajuda humanitária como atuar em sitiações de desastre.
Para este evento, o projeto irá desenvolver um “Kit de Ferramentas” composto por um conjunto de diretrizes, conteúdo multimédia e outro tipo de ferramentas tecnológicas, cujo principal objetivo é ajudar não só os cidadãos a voluntariarem-se neste tipo de situações, mas também os meios de comunicação em como produzir notícias que façam a diferença e às agências de ajuda humanitária e governos em como tornar estes esforços em resultados positivos no terreno, úteis para melhorar os processos de decisão, monitorização e desenvolvimento.

O conjunto diretrizes irá incluir:

  • Um guia para resposta em situação de emergência
  • Um guia para coordenação em situação de desastre
  • Um guia técnica
  • Um guia para gestão de voluntários
  • Um guia para os meios de comunicação
  • Um guia para os governos e autoridades públicas
  • Outras guias

PARTICIP

Register in the Virtual Support Team – EVA

JOIN US

  1. Contribuindo com documentos: um dos nossos objetivos é criar uma biblioteca digital, por isso se tens alguns links, documentos, políticas, conteúdo multimédia ou qualquer outro material de interesse nas áreas de atuação em desastre e gestão de risco, por favor partilha-os connosco enviando um email para info@sosdisaster.org
  2. Subscrevendo a nossa newsletter: recebe as últimas informações do nosso projeto através da nossa newsletter here
  3. Na equipa virtual: as emergências mostraram-nos a importância e o valor do trabalho em rede. Por isso, gostaríamos de te convidar a participares virtualmente e a dedicares algumas horas do teu tempo a este projeto.
  4. Register in the Virtual Support Team – EVA

Sponsors

Secretaria-Geral Ibero-Americana-SEGIB /  Laboratorio de Innovación ciudadana – LABICCO 2016

Secretaria-Geral Ibero-Americana
logo_SEGIB-2-alta-e1387793127712Um organismo internacional que apoia os 22 países que constituem a comunidade ibero-americana: 19 da América Latina de língua espanhola e portuguesa e Espanha, Portugal e Andorra, na Península Ibérica. Apoia a organização da Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo, em cumprimento aos seus mandatos e promovemos a Cooperação Ibero-Americana nos âmbitos da educação, coesão social e cultura. O único espaço oficial de convergência, trabalho, acompanhamento e acordo da região ibero-americana, que reúne países de ambos os lados do Atlântico.  http://segib.org/en

Ciudadania 2.0

Logo-Innovacion-Ciudadana-NUEVO2016-450x150Um projeto da Secretaria Geral Ibero-americana. Como objetivo promover a inovação cidadã em Ibero-américa com o fim de fomentar a transformação social, a governança democrática, e o desenvolvimento social, cultural e econômico. A inovação cidadã é um processo que resolve problemas sociais com tecnologías (digitais, sociais, ancestrais) e metodologias inovadoras, através do envolvimento da comunidade afetada. Isto significa que os cidadãos já não são receptores passivos de ações institucionais, para se tornar atores e produtores de suas próprias soluções.  http://www.ciudadania20.org/en/

 

 

Andorra


Argentina

Bolivia

Brazil

Chile

Colombia

Costa_Rica

Cuba

Ecuador

El_Salvador

España

Guatemala

Haiti

Honduras

Mexico

Nicaragua

Panama

Paraguay

Perú

Portugal

República Dominicana

Uruguay

Venezuela

Register in the Virtual Support Team – EVA